Ein Karem: Lar de João Batista e Local da Visitação

A charmosa vila de Ein Karem, situada no declívio ocidental de Jerusalém é um destino popular tanto para peregrinos quanto para locais, com suas igrejas e monastérios, românticos cafés e restaurantes, e montes verdes perfeitos para caminhadas.

Este local é conhecido desde o tempo do profeta Jeremias, que aconselhou as crianças da tribo de Benjamim a "No topo de Bet-Acarem erguei uma bandeira!" quando invasores estrangeiros se aproximavam de Jerusalém (Jeremias 6:1).  Mas para os peregrinos cristãos Ein Karem tem um significado especial por ser a cidade natal de Zacarias e Isabel, os pais de João Batista, e o local da Visitação, onde Maria, a mãe de Jesus visitou a sua prima Isabel antes do nascimento de João.  

A nossa primeira parada é na fonte que deu o seu nome à antiga vila (Ein Karem significa fonte do vinhedo). Também é conhecida como a Fonte de Maria, pois de acordo com a tradição cristã a Virgem Abençoada parou lá para beber enquanto visitava a sua prima.   

Uma curta caminhada a partir da fonte leva à Igreja Franciscana da Visitação, que marca a visita de Maria a Isabel.  A adorável igreja de dois andares foi terminada em 1955, sobre ruinas bizantinas e cruzadas. No pátio, os peregrinos são recebidos por um dos hinos mais adorados da igreja, Magnificat de Maria (Lucas 1:46-55), que ela rezou quando encontrou com Isabel, agora escrito em não menos que 47 idiomas na parede na frente da igreja.   

Na fachada da igreja um lindo mosaico retrata Maria montada em um burro, acompanhada por anjos, no seu caminho de Nazaré ao país montanhoso de Judeia, onde Ein Karem se situa (Lucas 1:39). Dentro da capela de baixo as paredes são decoradas com pinturas de cenas bíblicas, como o pai de João, Zacarias, servindo como sacerdote no Templo (Lucas 1:5), e o encontro entre Maria e Isabel.

Na capela no andar de cima pinturas retratando cenas históricas nas quais a Virgem tem um papel especial, como o Conselho de Éfeso, quando ela foi declarada Theotokos (Mãe de Deus), ou a Batalha de Lepanto, ganha por causa de sua intercessão.

Descendo a colina, no outro lado da vila, se chega à outra igreja franciscana, São João ba-Harim (São João nas Montanhas, em hebraico).  Dentro da igreja há uma caverna que a tradição identifica como o local de nascimento de João.  A muralha do pátio da igreja, quase uma imagem espelhada da Igreja da Visitação, exibe a canção de agradecimento que Zacarias disse quando João nasceu, o Benedictus (Lucas 1:68-79) em 24 idiomas.

Além das duas igrejas franciscanas, Ein Karem é também o lar de uma linda igreja russa com cúpula em forma de bulbo, o convento Ortodoxo Grego de São João, e o monastério de Notre Dame de Sion, construído em 1860, cujo nome (Nossa Senhora de Sion) revoca o judaísmo de Maria e a sua identificação com Israel.