Milagre da multiplicação dos pães e peixes

O Milagre da multiplicação dos pães e peixes é um dos mais famosos acontecimentos da trajetória de Jesus relatados na Bíblia.
De acordo com relatos em Marcos (Marcos 8:1-9) e Mateus (Mateus 15:32-39), uma multidão seguia Jesus pelo deserto por três dias, mas contavam com apenas sete pães e alguns peixes para alimentar todos. Para impedir que os seguidores desfalecessem no caminho, Jesus pediu a eles que se sentassem quando ele multiplicou os alimentos e distribuiu aos quatro mil presentes.
Para celebrar o milagre, a Igreja da Multiplicação dos Pães e Peixes foi construída como réplica exata de uma basílica do século IV. O mosaico do assoalho caracteriza o importante acontecimento, com cesto de pão ladeado por dois peixes, assim como o desenho de vida selvagem ao lado do Rio Nilo enquanto suas águas nivelam. A igreja está construída ao redor de uma rocha preta embaixo do altar, em reverência, já que a rocha está em cima do local onde Jesus abençoou e partiu o pão.